Destaque, Polícia

Polícia começa ouvir grupo Antifascista que “prometia” quebra-quebra

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais do Maranhão (SEIC) começou a intimar pessoas envolvidas em supostas práticas de incitação ao vandalismo, na capital maranhense. A informação é de O Imparcial.

Participe do Grupo do WhatsApp! do site A Carta Política, clique aqui!

De acordo com as denúncias investigadas pela polícia civil, os suspeitos fazem parte de uma organização autodenominada “Frente Antifascista SLZ”, que no último fim de semana teria articulado em um grupo de WhatsApp a realização de atos de protesto que incluiriam vandalismo e depredação a imóveis da iniciativa privada em São Luís.

– COMO GANHAR DINHEIRO NA INTERNET: Assista ao vídeo e descubra como transformar o seu celular em uma máquina de vendas

A polícia agora aguarda o comparecimento dos intimados para a tomada dos depoimentos e a continuação do inquérito. “Até a próxima quinta-feira (04), todos serão ouvidos na SEIC”, anunciou o delegado Armando Pacheco, superintendente da SEIC.

Veja reportagem completa no jornal O Imparcial