Coronavírus, Negócios

Mateus Supermercado, em tempo de pandemia, só divide se for no cartão da loja

Essa regra é não de hoje. Não parcelar em outro cartão que não seja o Mateus Card, durante os primeiros 20 dias de cada mês. Acontece, que neste momento em que o governo faz concessões de crédito para a população e benefícios para empresário, o Grupo Mateus podia pensar um pouco mais em todo o maranhense. Já que é a maior rede e a que reina no mercado maranhense.

O deputado estadual Zé Inácio (PT) levou a discussão para as redes sociais. A denuncia foi feita por clientes. Para o petista, o Mateus tem que ter responsabilidade com o povo maranhense por ser a maior rede de produtos alimentícios do estado.

“A postura de impedir o parcelamento de compras em cartões de crédito que não sejam da bandeira da loja é um risco às famílias maranhenses, posto que essa atitude demonstra o descompromisso com a situação momentânea do país, além de configurar um evidente abuso contra os consumidores”, disse Zé Inácio.

Apesar do Grupo Mateus ser uma das empresas que têm ajudado o Governo do Maranhão. Até depois de uma crítica feita pela A Carta Política. Parece que a rede varejista dá com uma mão e tira com outra.