Mês: julho 2020

Coronavírus

Aglomeração mascarada é permitida por autoridades sanitárias

“Impossível a gente avançar se a classe empresarial e a população não nos ajudar. O estabelecimento será autuado pela Vigilância Estadual. Shows não estão permitidos.”, disse o secretário de saúde, Carlos Lula, em suas redes sociais. A declaração de Lula é referente a uma Live que aconteceu no Val Paraíso, com a presença da cantora Mara Pavanelly e a presença de público.

No último final de semana, um pagode na faixa de areia da Ponta da Areia também foi alvo de críticas e fiscalização da Vigilância Sanitária. Está proíbo exploração comercial na praia da Península.

Participe do nosso grupo do WhatsApp! e receba as notícias primeiro que todo mundo

Outras aglomerações, essas mascaradas, estão acontecendo com anuência das autoridades sanitárias. Eventos políticos (pré-campanha) seguem agenda diária aglomerando pessoas e até mais do que o “Pagodão da Península” ou o “Forrozão do Val Paraíso”.

Pré-candidato a prefeito de São Luís, Rubens Pereira Jr, do Partido Comunista do Brasil
Pré-candidato a prefeito de São Luís, Neto Evangelista, do Democratas
Negócios

Produtora se reinventa e abre temporada em bar temático

Oito Bar começa a funcionar em São Luís com administração da 4Mãos Entretenimento

Uma das áreas mais afetadas com a pandemia do Covid-19 é o setor de eventos, essa cadeia produtiva a quase seis meses, encontra-se parada e sem previsão para retomada. Dessa forma, empresas por todo Brasil estão se reinventando e no Maranhão não é diferente.

A 4Mãos Entretenimento, responsável por grandes shows na capital maranhense, buscou uma nova forma para continuar se conectando com público que gosta, além da uma boa música, conseguiu associar uma deliciosa gastronomia, sem esquecer a localização, buscou um lugar que tem uma nova atmosfera especial e nos tempos atuais, todo cuidado é importante.  

Em parceria com o Oito Restaurante, que pertence ao Blue Tree Hotel, a 4mãos criou o Oito Bar, um novo conceito para quem quer viver sempre uma experiência moderna com lounge music, estacionamento amplo, segurança e uma gastronomia surpreendente. Segundo Marcelo Aragão, não existe limites e nem obstáculos. “Quando se acredita que é possível formar um time e fazê-los acreditar nos pilares que sustentam o seu negócio, não existe limites e nem obstáculos”, compartilhou em uma postagem em uma conta social na internet.

O bar, localizado nos Jardins do Blue Tree Hotel, também compartilha com os clientes as lives da semana, deixando o momento alto astral e divertido com a interatividade dos artistas.

Quanto a equipe, todos os colaboradores estão seguindo os protocolos sanitários, seguindo as orientações da OMS e Ministério da Saúde. Logo na entrada, os profissionais disponibilizam além do álcool em gel para higienização, a máscara para quem esquece.

Política

Vantagem de Beto das Vilas sobre Eudes Sampaio incomoda aliados do prefeito

Desesperados, aliados do prefeito Eudes Sampaio (PTB) recorreram mais uma vez a um blog de outro município usado constantemente como arma de ataque contra seus adversários, para mostrar que não são à favor da distribuição de cestas básicas na comunidade Vila Alcione.

Na tentativa de conturbar mais uma conquista da União dos Estudantes Ribamarenses, que vem mostrando um trabalho brilhante junto às comunidades ribamarenses, o referido blog publicou mais uma fakenews, tentando mostrar suposta ilegalidade na doação de cestas básicas e atingir o pré-candidato a prefeito, Beto das Vilas (Republicanos).

Beto, inclusive, apenas atendeu um pedido da Entidade, que mantém boa relação com todos os Poderes no município, e informou que não tinha recursos para contratar transporte das cestas de São Luís para Ribamar. Beto, solicito como sempre, indicou dois veículos abertos para o transporte das cestas que beneficiarão centenas de famílias carentes.

O ataque infundado parece ser meramente desespero político já que acontece logo após a divulgação do resultado da pesquisa MBO, que em cenário simulando confrontos diretos, Beto das Vilas seria eleito com vitória sobre Eudes Sampaio. (Confira aqui os dados da pesquisa)

Desmascarados pela entidade, que apresentou documento enviado ao Governo do Estado, que garantiu a doação de 250 cestas básicas a entidade sem fins lucrativos, os aliados do prefeito, que parecem fazer parte daquela turma “quanto pior melhor”, passaram mais essa vergonha.

No documento, Genilson Aguiar Dias ainda destaca outros projetos que estão sendo realizados pela ONG, como cursos de Informática e a urbanização de ruas através do Programa Rua Digna.

Já os aliados do prefeito, desesperados, não conseguiram elencar uma única ação da prefeitura na comunidade, e ainda tentam conturbar a entrega de 250 cestas básicas para famílias que estão passando dificuldades devido a crise causada pela pandemia.

Política

Vídeo: Yglésio diz que PMs femininas foram vítimas de machismo na corporação

A sindicância contra policiais militares femininas por conta de vídeo no TikTok ainda repercute no meio político. Na Assembleia Legislativa, o deputado estadual e pré-candidato a prefeito de São Luís, Dr. Yglésio (PROS), usou a tribuna da Assembleia, nesta terça-feira (28), para repudiar de forma veementemente a conduta do Comando Geral da Polícia Militar e defender as policiais mulheres contra o machismo. Na semana passada, Yglésio já tinha emitido uma nota de repúdio ao ato, onde disse que o vídeo do TikTok humanizava a atividade policial.

O parlamentar responsabilizou o comandante-geral da PM, coronel Pedro Ribeiro, pelo vazamento da sindicância. “Essas PMs, por conta desse vídeo, foram submetidas a uma sindicância que, por sinal, foi vazada pela própria estrutura da corporação, responsabilidade do comandante-geral, Coronel Pedro Ribeiro, e para nós é uma tristeza muito grande, porque há uma necessidade de renovação do padrão de comportamento, de tratamento junto ao efetivo da força policial do Maranhão”, disse em seu pronunciamento.

Ao reproduzir o vídeo no Plenário, Yglésio destacou que as policiais não utilizaram vestes inadequadas e nem feriram a honra da corporação. “Foi a exibição natural da feminilidade de uma mulher, e policiais também são mulheres, como policiais também são homens”, disse ao complementar que outros eventos dentro da Polícia Militar aconteceram sem que houvesse abertura de sindicâncias.

Em comparação, Yglésio mostrou um vídeo de um oficial do alto comando da PM que subiu em um palco para cantar, com um fuzil na mão. Segundo o parlamentar, que é médico, o oficial apresentava sinais de alteração do humor, por conta da alcoolemia. “Não houve nenhum tipo de sindicância, ou seja, isso aqui teve muito menos impacto do ponto de vista disciplinar”, contestou.

Na visão do deputado Yglésio, as policiais mulheres sofreram machismo dentro da corporação. “A minha preocupação com sindicâncias, são as sindicâncias que as policiais militares, mulheres, sofrem de assédio moral, assédio sexual, vítimas, inclusive, casos de violências que apareceram recentemente e a gente não tem notícia de sindicância vazada”, questionou.