Política

Política

UEMA: R$ 30 milhões mais pobre!

Um alerta do ex-reitor da Uema e deputado estadual César Pires (PSD) chamou atenção não pelo barulho da denúncia, mas pelo silêncio dos afetados.

Por meio de suas redes sociais, César Pires criticou a retirada de quase R$ 30 milhões da Uema e UemaSul para a Secretaria de Infraestrutura (Sinfra). No vídeo publicado, Pires faz referência aos decretos 36.708, publicado dia 12 deste mês, e 36.757, que consta do Diário Oficial do dia 25 de maio.

A submissão da Universidade Estadual do Maranhão chegou a tal ponto do reitor Gustavo Costa ter que pedir permissão à Flávio Dino para ceder o espaço do Campus São Luís para abrigar um Centro de Vacinação contra Covid-19, da prefeitura de São Luís. Quem faz esse tipo de consulta não fica zangado com uns trocados a menos.

O decreto nº 36.708 transfere R$ 2 milhões da UemaSul para a Sinfra, enquanto o decreto Nº retira R$ 27.579.727,00 das duas universidades – R$ 13.829.727,00 da UEMA e R$ 13.750.000,00 da UemaSul – que tem como destino também a pasta de Infraestrutura.

Deputado estadual César Pires disse que vai cobrar justificativa do governador sobre a retirada de recursos da Uema e UemaSul

Pires foi duro ao dizer que Dino melhora a educação do Maranhão apenas na propaganda. “O governador gasta muito com propaganda para dizer que, em sua gestão, a educação pública no Maranhão avançou muito. Mas como pode avançar se o chefe do Executivo prefere retirar recursos da educação superior para destinar à manutenção e aquisição de prédios, como preveem os decretos? Com certeza ele não tem interesse em formar cidadãos com capacidade crítica, que não aceitariam tamanho absurdo”, disse.

Espera-se como sociedade que a comunidade acadêmica levante a voz e reivindique um dinheiro que é seu.

Política

Partido ligado a Josimar, Patriota, fecha com Bolsonaro

O Patriota fecha com Jair Bolsonaro! Foi o que disse o senador Flávio Bolsonaro em convenção do partido. Flávio confirmou a informação para O Antagonista. No Maranhão, o Partido é ligado ao deputado federal Josimar Maranhãozinho (PL).

Palanque de Josimar pode ser fortalecido com o novo partido de Jair Bolsonaro

Flávio Bolsonaro será o único senador da sigla na Câmara Alta e foi anunciado como “líder do Patriota no Senado”.

A família Bolsonaro quer repetir o feito com o PSL e crescer o partido nas próximas eleições.  “construirmos juntos o maior partido do Brasil após as eleições de 2022”, disse.

Política

Vereadora de São Luís assume comando do PSD Mulher no Maranhão

A vereadora de São Luís, Karla Sarney (PSD), é a mais nova presidente estadual do PSD Mulher, um braço do PSD que vislumbra estimular a participação da mulher na política, não só em eleições, mas também na participação política da mulher em todos os níveis. O partido, que teve participação na eleição do prefeito Eduardo Braide (Podemos) com a composição da vice com Esmênia Miranda (PSD). A ordem agora é arrumar o partido para as próximas eleições.

Durante a posse, na sede do partido, em São Luís, o presidente do PSD, Edilázio Júnior, disse que Karla vai expandir o trabalho que realiza na Câmara Municipal para todo o Maranhão. “Um importante quadro que só vai potencializar essa luta tão importante no âmbito político e social”, definiu o deputado federal Edilázio.

Participe do grupo fechado no WhatsApp

Indagada pelo site A Carta Política se o controle do PSD Mulher significa uma candidatura para a Assembleia Legislativa do Maranhão, a vereadora Karla Sarney respondeu que ainda é cedo para definir isso, apesar de não descartar esta possibilidade. “Meu trabalho é organizar o partido. Vamos filiar para desenvolver um trabalho no PSD Mulher com palestras, cursos, e lógico, visando também 2022, porque agora é o momento ímpar para a nossa nova maneira de disputa do partido”, respondeu Karla que completou que vai investir em formação política.

O ato de filiação foi prestigiado por vereadores de São Luís, secretários municipais, da vice-prefeita Esmênia e representantes da sociedade civil organizada.

Coronavírus, Negócios, Política

Eventos, bares e restaurantes podem ter novas restrições no Maranhão

Para evitar um lockdown na Grande São Luís, o governador Flávio Dino (PCdoB) pode impor novas restrições na segunda-feira (31) e eventos, bares e restaurantes podem ser atingidos com a nova medida do governador.

Sem a capacidade de fiscalização, o governador disse durante a coletiva desta sexta-feira (28) que o problema não foi ter liberado a volta dos eventos, o funcionamento de bares com música ao vivo e afins, mas é o descumprimento da norma que foi estabelecida. “O problema não é estar em um evento de até 100 pessoas. O problema é estar em um evento de 500 pessoas. É transformar isso em um baile clandestino de 1000 pessoas, todas sem máscara”, disse Dino ao responder se o crescimento de internações teve relação com a liberação dos eventos.

Por isso, Dino deve mais uma vez decretar restrições para o segmento, por não ter capacidade de fiscalização e braço do estado para punir as infrações. Quem respeita o decreto vai acabar sendo penalizado.

Esse é o mesmo motivo de Flávio Dino não querer decretar um novo lockdown. Na primeira experiência de lockdown do Brasil, no Maranhão, o início houve respeito e em seguida o governo não conseguiu controlar o “direito de ir e vir das pessoas“. Na mesma coletiva, Dino jogou a responsabilidade para os municípios e que os prefeitos também devem ser cobrados para adotar a medida restritiva mais severa.

Política

Dinheiro falso: PM entrega para Polícia Federal portadores de cédulas falsas no Maranhão

Na noite do dia 25/05, a Polícia Militar do Maranhão apresentou na DPF/ITZ, quatro pessoas presas em flagrante por colocarem em circulação e guardarem cédulas falsas no município de Cidelândia/MA.

Os policiais militares informaram que receberam informações de que uma mulher havia repassado uma cédula falsa de R$ 20,00 em uma mercearia do município de Cidelândia/MA, a qual estava acompanhada de 3 homens em um veículo S10 de cor branca. Então, passaram a realizar diligências para localizar os suspeitos e o veículo mencionado.

O veículo foi avistado na saída da cidade e abordado pelos policiais militares, que encontraram em seu interior e com os conduzidos, a quantia de R$ 970,00 em cédulas aparentemente falsas de R$ 20,00, R$ 50,00 e R$ 100,00. Por fim,
ao serem inquiridos pela Autoridade Policial, os presos negaram que tivessem conhecimento sobre a falsidade das cédulas apreendidas.

Diante disso, foi dada voz de prisão para os conduzidos, os quais foram apresentados na DPF/ITZ/MA para lavratura de auto de prisão em flagrante pelo crime de moeda falsa, tipificado no art. 289, §1º, do Código Penal. Os presos permaneceram na DPF/ITZ/MA pelo tempo da lavratura do auto de prisão em flagrante, tendo sido transferidos na manhã do dia 26/05/2021 para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz/MA.

Com informações da Polícia Federal do Maranhão