Negócios

Negócios

Dasa paga R$ 2 bilhões e compra Hospital São Domingos

A Dasa acaba de comprar o São Domingos por cerca de R$ 2 bilhões, fontes a par do assunto disseram ao Brazil Journal.

A companhia vai pagar R$ 400 milhões em dinheiro e o saldo em 12,4 milhões de ações.

Como a ação da Dasa tem uma precificação imperfeita dada sua baixa liquidez, calcular o valor da transação exige uma inferência.

Participe do grupo fechado no WhatsApp

Assumindo que a ação da Dasa negocie no mesmo múltiplo que a Rede D’Or obteve em seu IPO — 21x EV/EBITDA — a parte em ações que está sendo oferecida pelo São Domingos seria avaliada em mais de R$ 1,6 bilhão.

O hospital tem 380 leitos e uma expansão — com o prédio já pronto — que elevará o total para 500. Uma fonte próxima à transação disse que o São Domingos tem um EBITDA estimado de R$ 130-140 milhões para 2021.

A família fundadora pretende continuar operando o negócio e apoiando a expansão da Dasa no Norte e Nordeste, segundo uma fonte com conhecimento do assunto.

A Rede D’Or já é dona do outro grande hospital de São Luís, o UDI, com 250 leitos. As principais operadoras do mercado são Amil, Sul América e Bradesco.

Participe do grupo fechado no WhatsApp

A aquisição — que aumenta para 14 o número de hospitais da Dasa e faz a companhia atingir 3.200 leitos, considerando-se a expansão — vem no momento em que a Dasa está prestes a lançar uma oferta de ações para levantar R$ 5 bilhões.

A XP assessorou os vendedores. A Dasa não trabalhou com bancos.

A transação está sujeita à aprovação do CADE.

De Brazil Journal

Negócios

O que um prefeito do Ceará disse para um executivo do Grupo Mateus e ele não gostou

O Grupo Mateus quer expandir no estado do Ceará e busca incentivos fiscais.

O jornalista Egídio Serpa, do Diário do Nordeste, levantou a dificuldade que o Grupo Mateus tem encontrado no Ceará ao buscar privilégios.

Em Sobral, do prefeito Ivo Gomes (PDT), um executivo do Grupo Mateus recebeu uma resposta atravessada do prefeito.

O prefeito de Sobral disse que o Grupo Mateus seria recebido no município com tapete vermelho,”lhe será concedido o mesmo incentivo municipal que é dado às empresas varejistas já instaladas e em operação na geografia sobralense. Nem mais nem menos“, grafou o jornalista Serpa.

Participe do grupo fechado no WhatsApp

Reclamação de empresários

Para construir um Centro de Distribuição na Região Metropolitana de Fortaleza e inaugurar 50 lojas no estado, o Grupo Mateus tem pedido benefícios fiscais diferenciados.

A atitude do maior grupo de varejo do Maranhão tem causado reclamação dos empresários do Ceará.

Até a Secretária Estadual de Fazenda do Ceará disse que não dará benefícios que já não são dados às empresas que estão em operação no estado.

Negócios

Ilson Mateus, do Grupo Mateus, quer privilégios fiscais no Ceará que só o Maranhão pode dar

A expansão do Grupo Mateus pelo nordeste tem encontrado empecilhos “fiscais” no meio do caminho. O grupo empresarial fundado por Ilson Mateus, espera do Ceará o mesmo tratamento que recebe de outros estados, como o Maranhão.

Empresários e a própria Secretaria Estadual de Fazenda (Ceará) têm colocado um freio na vontade do Grupo Mateus de ter um tratamento diferenciado em território cearense. 

Os executivos do grupo colocam de um lado do balcão “a instalação de um Centro de Distribuição na Região Metropolitana da Fortaleza e a construção de 50 lojas no estado”, em contrapartida, o Mateus espera do outro lado do balcão, incentivos fiscais diferenciados que nem mesmo os empresários cearenses e as empresas instaladas no estado possuem.

Em momento de crise, Ilson Mateus tem pedido muito em troca de geração de empregos. Mas, por enquanto, deve ficar somente com os benefícios já concedidos para qualquer empresário que queira investir no estado do Ceará.

Negócios

Shopping da capital informa novos horários de serviços

A brMalls informa que o Shopping Rio Anil terá uma alteração no seu horário de funcionamento, respeitando o decreto nº 36.531 de 3 de março de 20201, do Governo do Maranhão, como medida de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

As Lojas e quiosques vão funcionar das 9h às 21h de segunda a sábado e das 13h às 20h, aos domingos. As atividades de delivery devem seguir o mesmo horário. A Praça de Alimentação deve funcionar de 9h às 21h de segunda a sábado e 12h às 20h, aos domingos. As atividades de delivery podem funcionar até às 23h.

As academias estão com horário diferenciado de 06h às 21h de segunda a sexta, de 08h às 17h aos sábados e de 08h às 14h aos domingos.

Os Supermercados vão funcionar de 09h às 21h de segunda a sábado e de 09h às 20h aos domingos. As farmácias estão autorizadas a abrir de 09h às 21h de segunda a sábado e de 13h às 20h aos domingos.

Os serviços médico hospitalares (laboratório) estarão funcionando de 07h às 16h de segunda a sexta e de 7h às 11h aos sábados. O cartório vai abrir de 08h às 17h de segunda a sexta e os bancos de 10h às 14h de segunda a sexta.