Coronavírus

Coronavírus, Política

Coronavírus: Deputado Felipe dos Pneus entrará em quarentena

Com intuito de ser liberado do PRTB, a viagem do deputado estadual Felipes dos Pneus (PRTB) a Brasília serviu apenas para o parlamentar ficar pendurado na quarentena, durante 14 dias.

O presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto (PCdoB), disse que qualquer deputado que se ausentar do estado estará automaticamente de quarentena.

“Qualquer deputado que se ausentar do estado, ficará em quarentena. Ou seja, deverá se abster de ir à Assembleia no período de 14 dias, a contar da chegada em São Luís.”, disse o presidente Othelino.

Felipe esteve nesta quarta-feira (18) com o vice-presidente General Hamilton Mourão (PRTB) para pedir a liberação do PRTB e migrar para o Republicanos. Dos Pneus esteve acompanhado do vice-governador Carlos Brandão (Republicanos).

Com a negativa do vice-presidente, que jogou a responsabilidade para o diretório nacional e estadual, Felipe dos Pneus voltou para o Maranhão e entrará imediatamente em quarentena.

Coronavírus, Saúde

Coronavírus: Mortes chegam a 4; há 428 casos confirmados no país

O número de mortes em decorrência do novo coronavírus (covid-19) subiu para quatro, conforme atualização mais recente do Ministério da Saúde divulgada hoje (18). Até o balanço anunciado ontem, havia apenas um óbito confirmado.

Os falecimentos ocorreram na cidade de São Paulo. Duas novas mortes foram confirmadas pelo hospital Sancta Maggiore, na capital paulista. As duas vítimas, uma de 65 e outra de 80 anos, estavam internadas desde o último sábado (15) a apresentavam comorbidades.

Já os casos confirmados do novo coronavírus (covid-19) chegaram a 428. O número é 137 acima do último balanço ontem (17), quando o total estava em 291 pessoas infectadas. Na segunda-feira (16), eram 234 pacientes nessa situação.

São Paulo concentra a maior parte dos casos (240). Em seguida vêm Rio de Janeiro (45), Distrito Federal (26), Rio Grande do Sul (19), Pernambuco (16), Minas Gerais (15) e Paraná (13). Além desses, foram identificados casos em Santa Catarina (10), Espírito Santo e Ceará (9), Goiás (8), Mato Grosso do Sul (7), Sergipe (5), Bahia (3) e Alagoas, Rio Grande do Norte e Amazonas (1).

Já os casos suspeitos alcançaram 11.278. No balanço de ontem, eles haviam chegado a 8.819, quatro vezes mais do que na segunda-feira (16), quando foram contabilizados 2.064. O Ministério da Saúde justificou o salto pelo fato das inclusões no sistema terem passado a ser feitas de forma automatizada pelas secretarias estaduais. Os descartados somaram 13.551. 

Coronavírus, Saúde

Yglésio propõe aumento para 40% do adicional de insalubridade

Os profissionais de saúde estão submetidos ao mais alto risco por conta da proliferação do COVID-19 e também da gripe H1N1. Nos hospitais, unidades de saúde e policlínicas, eles estão na linha de frente de combate ao avanço das doenças, especialmente do novo coronavírus.

Partiu do deputado estadual Dr. Yglésio (PROS) a ideia de aumentar adicional de insalubridade dos profissionais do SUS, durante 60 dias e prorrogável por mais 30 dias. “Protocolarei uma indicação ao Governador Flávio Dino e ao Secretário Carlos Lula para que seja aumentado, durante período de 60 dias, prorrogável por mais 30 dias, o adicional de insalubridade dos profissionais do SUS, para 40% durante o combate da epidemia do coronavírus.”, anunciou o deputado estadual em seu Twitter.

O parlamentar estendeu a sugestão para o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr (PDT) e ao presidente da Federação dos Municípios do Maranhão, Erlânio Xavier. Segundo o deputado Dr. Yglésio (PROS), a medida deverá alcançar todo o pessoal que faz atendimento ao público. Da portaria aos profissionais de saúde. “Tal medida se faz necessária porque a própria exposição repetida ao coronavírus aumenta o custo de vida desses profissionais em suas casas e com suas famílias.”, justificou.

Em justificativa, o deputado quer garantir a valorização profissional e financeira aos profissionais da ponta do sistema. Disse ainda, que os produtos de limpeza estão com custos mais elevados e os equipamentos de proteção tem que ser adquiridos neste momento de atenção.

Coronavírus, Saúde

Sem testes positivos, São Domingos confirma dois casos suspeitos

Não há casos confirmado de COVID-19, ainda, no Hospital São Domingos. Dois casos suspeitos foi o suficiente para uma disseminação de fake news em grupos de WhatsApp de que havia sido confirmado casos do novo coronavírus no Hospital.

Em nota, o Hospital São Domingos confirmou dois pacientes internados com suspeita do COVID-19 e que zero pacientes foram confirmados com o vírus.