Política

Tutóia: Justiça derruba intervenção de Edson Araújo em colônia de pescadores

Edson Araújo vem interferindo nas Colônias de Pescadores que não rezam sua cartilha

Na noite da última quinta-feira (16), a Justiça derrubou uma de tantas intervenções arbitrárias que o deputado estadual Edson Araújo (PSB), atual presidente irregular da Federação das Colônias de Pescadores do Maranhão (Fecopema), praticou sobre a Colônia de Pescadores do Município de Tutóia Z-17, derrubando o resultado do pleito que elegeu Francisco José de Oliveira Martins, o Bentivi, como presidente da entidade.

Entidades vêm relatando arbitrariedade por parte do parlamentar e de seu filho, Wolmer Araújo, sobre as entidades de pesca que contrariam seus interesses políticos, destituindo diretorias democraticamente eleitas e nomeando pessoas politicamente ligadas a ele.

Além de Tutóia, a colônia de Vargem Grande foi outra vítima recente das intervenções do presidente da Fecopema. Desde então, a entidade tem contado com o suporte do deputado estadual Yglésio Moyses (PROS). Lá, Edson Araújo segue a mesma forma de ‘trabalhar’ como fez em outras situações.

O deputado Yglésio, que vem atuando no caso de Vargem Grande, deu o suporte jurídico necessário para a vitória da Colônia de Pescadores de Tutóia. Yglésio tem articulado no processo de libertação das entidades, viabilizando o avanço delas na luta pelos interesses dos pescadores.

Com a decisão, o império do ofuscado deputado Edson começa a ruir e apesar da demora, a Justiça abriu os olhos para as intervenções ilegais do chefe da Fecopema. Isso abre caminho para a libertação de entidades na mesma situação, dando esperança e deixando clara a necessidade de se aparar em um grupo cujos interesses do articulador se assemelhem aos seus.