Política

UEMA: R$ 30 milhões mais pobre!

Um alerta do ex-reitor da Uema e deputado estadual César Pires (PSD) chamou atenção não pelo barulho da denúncia, mas pelo silêncio dos afetados.

Por meio de suas redes sociais, César Pires criticou a retirada de quase R$ 30 milhões da Uema e UemaSul para a Secretaria de Infraestrutura (Sinfra). No vídeo publicado, Pires faz referência aos decretos 36.708, publicado dia 12 deste mês, e 36.757, que consta do Diário Oficial do dia 25 de maio.

A submissão da Universidade Estadual do Maranhão chegou a tal ponto do reitor Gustavo Costa ter que pedir permissão à Flávio Dino para ceder o espaço do Campus São Luís para abrigar um Centro de Vacinação contra Covid-19, da prefeitura de São Luís. Quem faz esse tipo de consulta não fica zangado com uns trocados a menos.

O decreto nº 36.708 transfere R$ 2 milhões da UemaSul para a Sinfra, enquanto o decreto Nº retira R$ 27.579.727,00 das duas universidades – R$ 13.829.727,00 da UEMA e R$ 13.750.000,00 da UemaSul – que tem como destino também a pasta de Infraestrutura.

Deputado estadual César Pires disse que vai cobrar justificativa do governador sobre a retirada de recursos da Uema e UemaSul

Pires foi duro ao dizer que Dino melhora a educação do Maranhão apenas na propaganda. “O governador gasta muito com propaganda para dizer que, em sua gestão, a educação pública no Maranhão avançou muito. Mas como pode avançar se o chefe do Executivo prefere retirar recursos da educação superior para destinar à manutenção e aquisição de prédios, como preveem os decretos? Com certeza ele não tem interesse em formar cidadãos com capacidade crítica, que não aceitariam tamanho absurdo”, disse.

Espera-se como sociedade que a comunidade acadêmica levante a voz e reivindique um dinheiro que é seu.