Coronavírus, Negócios, Política

Eventos, bares e restaurantes podem ter novas restrições no Maranhão

Para evitar um lockdown na Grande São Luís, o governador Flávio Dino (PCdoB) pode impor novas restrições na segunda-feira (31) e eventos, bares e restaurantes podem ser atingidos com a nova medida do governador.

Sem a capacidade de fiscalização, o governador disse durante a coletiva desta sexta-feira (28) que o problema não foi ter liberado a volta dos eventos, o funcionamento de bares com música ao vivo e afins, mas é o descumprimento da norma que foi estabelecida. “O problema não é estar em um evento de até 100 pessoas. O problema é estar em um evento de 500 pessoas. É transformar isso em um baile clandestino de 1000 pessoas, todas sem máscara”, disse Dino ao responder se o crescimento de internações teve relação com a liberação dos eventos.

Por isso, Dino deve mais uma vez decretar restrições para o segmento, por não ter capacidade de fiscalização e braço do estado para punir as infrações. Quem respeita o decreto vai acabar sendo penalizado.

Esse é o mesmo motivo de Flávio Dino não querer decretar um novo lockdown. Na primeira experiência de lockdown do Brasil, no Maranhão, o início houve respeito e em seguida o governo não conseguiu controlar o “direito de ir e vir das pessoas“. Na mesma coletiva, Dino jogou a responsabilidade para os municípios e que os prefeitos também devem ser cobrados para adotar a medida restritiva mais severa.