Cidade

Casarões históricos são inspecionados em São Luís

A Prefeitura de São Luís realizou uma inspeção técnica preventiva, nesta quarta-feira (17), em três casarões no Centro Histórico de São Luís para fazer um levantamento técnico das condições estruturais dos imóveis e identificar famílias que moram nestes locais. 

A ação conjunta foi coordenada pela Fundação Municipal do Patrimônio Histórico (Fumph) com a participação das Secretarias de Segurança com Cidadania (Semusc) – por meio da Defesa Civil de São Luís; de Obras e Serviços Públicos (Semosp); e da Criança e Assistência Social (Semcas), em que foram vistoriados casarões públicos localizados nas Ruas de Nazaré, do Sol e Humberto de Campos.

Nos três prédios, as equipes técnicas avaliaram a situação estrutural, que inclui a pavimentação, telhado, paredes, vigas, lajes, sistema elétrico, dentre outros. O objetivo é elaborar um diagnóstico das condições em que se encontram esses imóveis, que subsidiará um plano de ação emergencial a ser executado pelo Município. “Os diagnósticos e demandas apontados pelos técnicos dos órgãos que participaram dos trabalhos de vistorias permitirão uma visão detalhada das condições dos imóveis e auxiliarão a Fumph na adoção dos procedimentos emergenciais necessários a garantir a segurança nestes locais”, disse Kátia Bogéa.

Paralelo à análise das edificações, as equipes da Defesa Civil e da Semcas também realizaram o trabalho de orientação e notificação de moradores em dois imóveis, quanto aos riscos da construção, de desabamento no local e se sofreram danos por problemas relacionados à chuva. “Fomos chamados para fazer parte dessa operação, com o intuito de detectar essas danificações que comprometem a estrutura desses prédios. O nosso trabalho é identificar os pontos frágeis das edificações, com possíveis indícios de desabamento, sobretudo nesse período chuvoso. Então, vamos pontuar tudo isso em laudos, para que providências sejam tomadas. Com relação ao caso da Rua de Nazaré, onde há uma família ocupando o imóvel, a Semcas está providenciando a assistência para que não fique desamparada”, explicou o superintendente da Defesa Civil de São Luís, Alexssandro Nogueira. 

O secretário da Semusc, Marcos Affonso, ressaltou que a ação foi importante para melhorias na qualidade de vida da população. “Estamos oferecendo dignidade para as famílias, uma vez que os imóveis precisam de reparos e esse trabalho em parceria com a Fumph, Semosp e Semcas é fundamental para que esse processo seja alcançado. A Defesa Civil de São Luís está sempre pronta para contribuir dentro de suas competências”, enfatizou.