Até a próxima quarta-feira, dia 16 de setembro, os 105 juízes eleitorais do estado se reúnem presencialmente com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, desembargador Tyrone José Silva, que sempre está acompanhado da juíza Lavínia Macedo (membro da Corte e diretora da Escola Judiciária), do diretor-geral Gustavo Vilas Boas, de secretários de Gestão de Pessoas, Tecnologia da Informação, Judiciário e de Administração e Finanças, além de assessores.

A ideia é compartilhar com os magistrados informações relevantes sobre as eleições 2020 e receber deles sugestões e ou reclamações com objetivo de acatá-las ou solucioná-las.

Também durante as reuniões estão sendo feitas apresentações por servidores do TRE aos juízes sobre logística da segurança nas eleições; registro de candidatura; propaganda eleitoral e política de segurança da informação.

Em sua fala de abertura da primeira reunião com os magistrados, realizada nesta segunda, 14 de setembro, o presidente do TRE-MA, desembargador Tyrone Silva, pediu atenção a dois temas específicos: a convocação dos mesários e a fiscalização da propaganda para evitar abusos no cenário de pandemia, recomendando que eles conversem com os representantes partidários.

O Maranhão possui suas 217 cidades distribuídas em 105 zonas eleitorais e só São Luís, devido à sua extensão e quantidades de bairros, possui 6 zonas (1ª, 2ª, 3ª, 10ª, 76ª e 89ª).