SÃO LUÍS – O ex-juiz federal Carlos Madeira, pré-candidato a prefeito de São Luís pelo Solidariedade, quer transpor o “novo normal pós-pandemia” para o cenário político. Madeira esteve recentemente com ex-governadora Roseana Sarney (MDB), o encontro também contou com a presença do comunista Jefferson Portela (PCdoB), secretário estadual de Segurança Pública.

Madeira disse ao jornalista Jorge Vieira que a visita não se trata de uma aproximação do Solidariedade e do MDB, embora gostasse da presença do partido em seu projeto, mas sim para construir um ambiente de pacificação entre lideranças políticas do Estado.

“Nossa conversa foi apenas para registrar nossa intenção em construir um ambiente de pacificação entre lideranças que estão em campos opostos, por conta desse Novo Normal. Estou defendendo que o Novo Normal seja trazido para a política e, assim, possamos construir novos pactos, novas alianças em favor da administração da cidade”, disse Madeira à Vieira.

Roseana talvez comungue com o “novo normal político”, nos últimos dias conversou com políticos de diversos campos, o seu correligionário Roberto Costa (MDB) chegou a receber o pré-candidato Rubens Pereira Jr (PCdoB), candidato do governador Flávio Dino (PCdoB). Outra aproximação do PCdoB com o MDB foi quando o ex-presidente José Sarney (MDB) recebeu o governador Flávio Dino (PCdoB) para uma conversa.

Quem ainda não foi avisado do “novo normal” foi o deputado estadual César Pires (PV) que desaprovou o apoio de Roseana para algum candidato que faça parte da base aliada do governador Flávio Dino. Pires quer que Roseana apoie o sobrinho, Adriano Sarney (PV).