Prefeito de São José de Ribamar faz deputados perderem tempo em votação

Inoperante com as questões administrativas do município de São José de Ribamar, o prefeito Eudes Sampaio resolveu ultrapassar as barreiras do município e ocupar o tempo dos deputados maranhenses.

Na manhã desta segunda-feira (27), a pedido do prefeito ribamarense, os deputados estaduais dedicaram parte do tempo, para votarem, em sessão remota, o reconhecimento do Decreto de Calamidade Pública em decorrência da pandemia causada pelo coronavírus.

A atitude seria louvável, se a votação tivesse alguma relevância, o que não é o caso, uma vez que o Decreto já foi reconhecido no último dia 20, em votação remota pelo Poder Legislativo Ribamarense.

Aliás, parece que o objetivo principal do prefeito não era o reconhecimento do Decreto 1669/2020, já que até agora, mesmo com pedido do Poder Legislativo Ribamarense, ainda não foi publicado no Diário Oficial do Município.

O prefeito ficou tão atordoado com a “carteirada” que levou dos parlamentares ribamarenses, que votaram, dentro do prazo, o reconhecimento do Decreto e jogaram “no lixo” o pedido de um empréstimo de R$ 20 milhões para obras eleitoreiras, que esqueceu de informar ao presidente da Assembleia Legislativa, que a matéria já tinha sido votada onde devia.

Resultado: fez o Poder Legislativo Estadual perder tempo com factóide político criado pelo atrapalhado prefeito. (Do blog Maramais)

Pedro de Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *