Negócios

Novo decreto de Flávio Dino atinge Mateus; somente 50% da capacidade de atendimento

A superlotação dos mercados, principalmente do gigante Supermercado Mateus, preocupou as autoridades sanitárias do estado que estão em alerta com o número crescente de casos no Maranhão, especialmente em São Luís.

Os supermercados, mercados, quitandas e afins devem seguir, com no máximo 48h, as seguintes regras

Confira

  • Limitar pela metade o atendimento da loja
  • Apenas uma pessoa por família. Exceto quando a pessoa necessitar de auxílio
  • Consumidores só podem entrar no estabelecimento se estiverem usando máscaras. É necessário higienizar as mãos na entrada, com água e sabão ou álcool em gel.
  • Os estabelecimentos devem: reduzir pela metade a quantidade de carrinhos, cestas e vagas no estacionamento, quando houver

!! Baixe aqui o novo decreto do governador Flávio Dino

Críticas da classe política

Os deputados Dr. Yglésio (PROS) e Zé Inácio (PT) fizeram críticas em suas redes sociais, direcionadas ao Grupo Mateus. Zé Inácio questionou quanto o não parcelamento de compras em cartões que não sejam o Mateus Card (cartão da loja).

Já a preocupação do deputado Yglésio, que também questionou as formas de pagamento, foi direcionada aos cuidados sanitários dentro da loja.

“Até quando os teus supermercados, Mateus, vão colocar em risco a saúde de clientes e funcionários?”, perguntou Yglésio em vídeo postado em suas redes sociais e que circula em grupos de WhatsApp.

O parlamentar diz que as denuncias é que não há controle de acesso nem medidas necessárias para higienização e proteção de clientes e funcionários. Também levantou a questão de aumentos de preços injustificáveis, segundo deputado, de produtos básicos.