Cultura

Coronavírus: São João sofre ameaça no Maranhão

O Maranhão ainda não entrou no mapa de casos confirmados COVID-19 no Brasil. Especialistas, porém, acreditam que a curva mais acentuada da doença deve ser daqui 30, 60 dias. O São João do Maranhão, um dos principais produtos de São Luís pode sofrer ameaça.

Em outras cidades, os governos já cogitam cancelar a festa de grande concentração popular. Na Bahia, por exemplo, as prefeituras estão em alerta quanto a evolução dos casos do novo coronavirus.

Grandes eventos foram cancelados nesta semana. O principal, Bloquinho do Bell, foi remarcado para o final de maio.

Para que o Maranhão não sofra com o grande contágio do COVID-19, o Governo do Estado tem adotados medidas para impedir a rápida proliferação. O isolamento social, já realidade em outros estados, pode ser uma saída para que o novo coronavirus não seja traumático no estado.

Se inscreva no Canal do YouTube

Participe da nossa Comunidade no Telegram

Participe do grupo fechado no WhatsApp