Wellington do Curso, deputado estadual e pré-candidato a prefeito pelo PSDB, começa a ver seu projeto eleitoral em 2020 descer ladeira abaixo. Pelo menos no ninho dos tucanos, hoje comandado pelo senador Roberto Rocha.

Em resposta ao jornal O Estado do Maranhão, na edição desta segunda-feira (20), o senador deixa claro que visão política vai sobrepor a vontade partidária de ter candidatura própria.

Apesar de não negar a pré-candidatura de Wellington do Curso, Rocha quer levar o PSDB para Eduardo Braide para tentar uma vitória no primeiro turno.

“E segundo turno em São Luís contra duas máquinas, Estado e Prefeitura, é complicado. Dessa forma, o olhar político pode transcender as necessidades partidárias”, respondeu o senador.