Em nota, a prefeitura de São Luís terceirizou a culpa do estrago que a chuva fez na recente recuperação asfáltica em frente ao Shopping Passeio, no Cohatrac. A imagem do ônibus afundado é de uma outra rua do Cohatrac, local em que o asfalto do programa São Luís em Obras ainda não foi colocado.

Porém, é bom que se diga que a Prefeitura não deixa de ser responsável, junto com a Caema, com a infraestrutura da rede de esgoto, abastecimento de água e drenagem.

A Carta Política entrou em contato com um engenheiro da Companhia que disse que os problemas ocasionados nas ruas de São Luís são em grande maioria relacionados a drenagens, de responsabilidade da Prefeitura de São Luís, ficando a cargo da Caema somente a rede de esgoto e abastecimento de água.

Também é importante destacar que a Prefeitura é o poder concedente dos serviços prestados pela Caema. E que a Caema tem um contrato com a Prefeitura muito precário. Isso mostra a falta de diálogo entre o Poder Executivo Municipal e a Caema. Até quando a terceirização de culpa?

Leia a nota recebida

A equipe técnica da Semosp esteve nos dois pontos do Cohatrac e constatou que em ambos o problema foi na rede da Caema. 

Na Avenida Leste Oeste a Caema executou um serviço  no trecho onde não foi pavimentado. A obra da Caema não foi concluída onde onibus afundou. 

Em frente ao Shopping Passeio a rede de esgoto transbordou e arrancou o asfalto. A equipe da Caema já está intervindo.