É do futuro partido do deputado federal Eduardo Braide que vem o apoio para PEC que – entre outras coisas – vai autorizar reduzir a jornada e os salários de servidores em até 25%.

O senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR), relator da PEC Emergencial, pretende dar aval à proposta apresentada pelo governo. O texto deve ter relatório favorável sem nenhuma alteração. Guimarães deve finalizar o relatório em 15 dias e apresentar uma versão preliminar para discussão na Câmara Alta.

Eduardo Braide vai para o Podemos para disputar a Prefeitura de São Luís

Interessa você: PEC Emergencial estabelece gatilho para corte de gastos públicos

Podemos é o partido que vai abarcar o deputado federal Eduardo Braide, que hoje está no PMN, por lá vai enfrentar pautas desgastantes que defendem o Governo Bolsonaro. Talvez por isso, o parlamentar tem protelado sua ida para o Podemos.